Siga-nos:

UTIs do Hospital Dr. Beda entre as melhores do país

O Hospital Dr. Beda atingiu um marco neste mês de junho: a conquista do reconhecimento nacional pela sua trajetória. Quatro Unidades de Terapia Intensiva foram certificadas, na última semana, pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) e pela Epimed (sistema desenvolvido e utilizado para gestão e análise de informações clínicas em todo o país) com os Selos UTIs Top Performer e UTI Eficiente.

Trata-se de um reconhecimento ao desempenho e à eficiência no atendimento intensivo prestado pelo hospital. O evento de entrega das certificações, realizado no auditório da instituição, na última terça-feira (18), contou com a presença de médicos, enfermeiros e diversos funcionários que desempenharam um papel fundamental na conquista desses selos de excelência.

Participaram da análise 1.980 unidades em todo o Brasil. Dentre elas, apenas 258 obtiveram o Selo UTIs Top Performer e 202 foram certificadas como UTI Eficiente. Os dados analisados abrangem todo o ano de 2023, de 1º de janeiro a 31 de dezembro, e refletem o desempenho de todos os pacientes que passaram pelas UTIs nesse período.

A diretora administrativa do Grupo IMNE, Martha Henriques, destaca que o feito alcançado é fruto de uma iniciativa e caminhada de dois anos:

“A gente iniciou esse trabalho em 2022, quando contratou a plataforma Epimed Monitor (principal software de gestão de UTI). A partir dela, coletamos dados, são gerados indicadores e avaliados semanalmente. São feitas revisões, correções, traçadas metas, de olho sempre na evolução do serviço. Tudo isso com uma equipe multidisciplinar completa, coordenada pelo Dr. Bruno d’Ávila, responsável pelo start desse sistema no Hospital Dr. Beda. Hoje, colhemos os frutos. Entre duas mil UTIs no país, 460 foram certificadas. E quatro delas são do Beda”, enfatiza.

Diretor clínico do Grupo IMNE, Dr. Diogo Neves aponta que, com a conquista, o Hospital Dr. Beda agora está entre os 10% das unidades hospitalares brasileiras que alcançaram os critérios de excelência estabelecidos pela Epimed.

“É um reconhecimento importante, de uma plataforma (Epimed) que avalia o desempenho das UTIs em todo o Brasil. Essa plataforma está diretamente integrada ao nosso prontuário, permitindo análises detalhadas de indicadores, como taxa de infecção hospitalar, tempo de permanência e taxa de mortalidade. Um orgulho para todos nós essa certificação”, comenta.

Hoje, o Beda é um hospital do interior do Estado do Rio de Janeiro, reconhecido por seu nível de desempenho, ao lado de referências nacionais, como os hospitais Albert Einstein e Sírio Libanês.

“Temos uma equipe formada por nomes que são vanguarda da terapia intensiva na região. E esse reconhecimento externo, com dois selos desse porte, é um marco importantíssimo. Com a experiência e todo um trabalho calcado em dados sustentados, chegamos até aqui e alcançamos esses certificados. Agora temos o desafio de sustentar esse alto nível de desempenho”, pontua o diretor do Hospital Dr. Beda, André Porto.

Equipe
Para Rita Paes, enfermeira e coordenadora de uma das UTIs da unidade 1 do Hospital Dr. Beda, o reconhecimento e as certificações dadas pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira e pela Epimed celebram um trabalho longevo de toda uma equipe:

“É muito gratificante a gente receber esse certificado nesse momento. Estou completando 20 anos de trajetória no Hospital Dr. Beda, uma casa onde a gente oferece o melhor para os pacientes em atendimento, tecnologia e assistência. E esse reconhecimento só engrandece a nossa caminhada e a vontade de fazer sempre o melhor, a cada ano. É uma conquista de toda a equipe e de todos os nossos pacientes”, diz.

Segundo Afonso Faria, chefe de outra UTI da unidade 1 do Beda, o reconhecimento recebido representa mais do que um objetivo alcançado, é uma validação do trabalho realizado com grande empenho ao longo de três décadas, desde a inauguração do hospital. “Esse reconhecimento é o resultado do esforço, empenho e comprometimento contínuo de toda a equipe. Os resultados positivos alcançados nos enchem de satisfação”, destaca.

O médico Dr. Maninho, com quase 30 anos de serviço no Hospital Dr. Beda, também parabenizou a instituição pelas credenciais recebidas. “Isso demonstra a eficiência do hospital em oferecer o melhor atendimento possível aos pacientes. Estou extremamente orgulhoso de fazer parte dessa equipe. Parabenizo a direção do hospital pelo comprometimento contínuo em proporcionar um atendimento de alta qualidade, tanto para nossos pacientes quanto para nós, médicos”, comenta.

Epimed elogia o desempenho do Hospital Dr. Beda

Diretora comercial da Epimed, Maira Freire de Araújo destaca que o reconhecimento é símbolo de que o hospital alcançou bons resultados clínicos e, ao mesmo tempo, fez uso eficiente e proporcional dos recursos:

“Essa certificação é fruto de uma iniciativa da Epimed com a AMIB, que é o projeto UTIs Brasileiras. Ele certifica as UTIs de alta performance pelo país. Essa distinção evidencia o trabalho de ponta feito no Hospital Dr. Beda”, enfatiza.

Enfermeira analista de indicadores assistenciais da Epimed, Kamila Montenaro explica que os critérios usados pela empresa para avaliar e certificar as UTIs incluem o desfecho, que é a mortalidade, e a utilização de recursos.

“A Top Performer certifica os hospitais que tiveram desfecho de excelência, boa eficácia clínica, aliada à utilização de recursos ajustada para a gravidade dos pacientes. Assim, praticam medicina intensiva sustentável”, pontua.

Jantar de celebração

Para contemplar o reconhecimento em nível nacional e celebrar o trabalho de todos os profissionais envolvidos na conquista, o Grupo IMNE realizou um jantar,  na última terça-feira (18), em um restaurante da cidade. Estiveram presentes personalidades importantes na trajetória até a certificação, entre médicos, enfermeiros e profissionais envolvidos de forma geral em todo o projeto.

“Esse encontro foi promovido em um sinal de reconhecimento a todo o trabalho que essas pessoas fizeram. Por mais que a gente invista em tecnologia, é primordial contar com a força de trabalho desses profissionais. O médico, o enfermeiro, o fisioterapeuta, personagens que abraçam a ideia e nos ajudam a alçar vôos maiores, tornando o hospital melhor, mais confiável. Quando recebemos uma certificação desse nível, conferida por identidades independentes, é sinal de que realmente estamos fazendo as coisas da forma certa. E hoje vemos que atingimos resultados compatíveis com os dos grandes centros, de grandes hospitais. Isso nos deixa muito orgulhosos e a ocasião faz jus a uma comemoração”, destacou Dr. Diogo Neves.

Matéria: Yan Tavares – J3 News

Leia também: